Cosméticos e maquiagem – Fábrica própria ou terceirizar a produção?

laboratório de maquiagem da década de 1950

Blog

Uma questão costuma aparecer quando estou fazendo consultorias para marcas novas ou para expansões de portfólios – vale a pena investir em fábrica própria ou terceirizar a linha?

Para responder eu pego como exemplo um caso que saiu na imprensa recentemente sobre a estratégia da L'Occitane au Brésil que primeiro entrou no mercado nacional através de produção terceirizada e agora inicia uma operação para estabelecer uma fábrica própria aqui no Brasil.

Considero esse tipo de estratégia excelente como exemplo, principalmente para o mercado cosmético. Primeiro eles experimentaram o mercado, sentiram a aceitação das formulações e inovações e expandiram o portfólio. Inclusive fizeram uma parceria tão forte com o terceirista que montaram dentro da empresa parceira uma célula de P&D própria, para garantir pesquisa de ativos e formulações próprias. Agora, com o domínio do negócio, do consumidor, e da solidez da marca e produtos, apostam agora na fábrica própria que garantirá ainda mais o domínio da cadeia.

Significa que a marca terá mais controle de tudo, desde a escolha e compra das matérias primas, embalagens, processo fabril, passando pela regulamentação e por fim a comercialização. Além do domínio da cadeia outro ponto é o controle no prazo de produção. 

Agora, expandindo dos cosméticos para a maquiagem temos outras questões em jogo. Quando falamos sobre indústria de maquiagem, é praticamente impossível ter uma fabricação própria de toda a linha. As marcas terceirizam alguma (boa) parte, pelos seguintes motivos – maquinário, mão de obra especializada e tecnologia de inovação.

E essa é a realidade do mercado de maquiagem hoje: mesmo as grandes marcas que produzam "em casa" muitos itens do seu portfólio, acabam terceirizando alguma parte da sua linha. E não há nenhum mal nisso, ao contrário. Encontrar um parceiro sólido e experiente traz inovação rápida para a linha e possibilidade de ampliação de portfólio.