Sobre cosmetologia natural, indústria e make para crianças

A cosmetologia natural é a uma das tendências da indústria da beleza

Blog

Depois do post Você sabe o que é dermatologia natural? agora temos a segunda parte do papo super instrutivo sobre cosmetologia natural que tive com Dra. Patricia Silveira, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, que mantém o incrível Instagram @dermagreen

No primeiro post, falamos sobre a definição do conceito de dermatologia natural como cuidado da saúde da pele que parte de dentro para fora e que privilegia ingredientes não tóxicos e mais naturais nas formulações. Agora, ela me explica um pouco sobre a estabilidade de fórmulas, o papel da indústria e a questão do uso de maquiagem e cosméticos em crianças! 

 

CH • uma das grandes questões sobre cosméticos naturais é a estabilidade das fórmulas, a tecnologia envolvida e o preço. O radicalismo por certo padrão estético ainda afasta muitas mulheres que buscam o chamado custo benefício imediato? Como você acha que podemos mudar isso? 

Patricia Silveira •  em relação a estabilidade, conservantes e tecnologia de cosméticos naturais comparada aos convencionais, costumo dizer que ambos são tratamentos complementares, ou seja, nenhum cosmético natural ou convencional trará a juventude eterna. Sendo assim, melhor investir num produto que não te trará malefícios, e nem riscos de alergias ou que contenha substâncias de ação hormonal.

Recentemente li um artigo que demonstrava a ação in vitro do metil parabeno (conservante comumente encontrado em cosméticos convencionais) causando redução da síntese de fibras colágenas pelos fibroblastos dérmicos. Neste raciocínio, não importa se também contém vitamina C, retinol ou óleo de rosa mosqueta, pois o efeito na pele será zero a zero.

Os parabenos ficam camuflados em fórmulas de perfumes e em essências sintéticas, e por vezes tem concentrações bem altas aparecendo no inicio da lista de ingredientes dos produtos. Outro estudo recente compara o efeito antimicrobiano de conservação do metil parabeno com óleos essenciais como o de lavanda, canela e melaleuca, onde estes óleos apresentaram atividade igual ou superior ao parabeno. Sendo assim, não existe motivo para a manutenção da utilização deste ingrediente em cosméticos, a não ser pelo baixo custo desta substância.

A melhor forma de mudar este cenário é a informação, tanto para o público consumidor e profissionais de estética, quanto para estudantes de farmácia e médicos. Quanto mais conhecimento, mais questionamentos surgirão, e estudos surgirão elucidando os reais beneficios e riscos dos ingredientes que compõem os tantos cosméticos que usamos no dia a dia.

 

CH • Ao teu ver, qual o papel da indústria de cosméticos não convencionais?

Patricia Silveira • A indústria de cosméticos convencionais vende beleza e juventude. Prometem uma pele perfeita e um "status" baseado em inovação e tecnologia que nem sempre é real.

Como quase tudo que consumimos, a indústria cosmética tem um marketing fortíssimo e um poder de convencimento de que milagres acontecem na nossa pele quando o utilizamos. Mas vale lembrar que todos os cosméticos são limitados em concentrações de ingredientes ativos, minimizando assim efeitos colaterais decorrentes do seu uso. Logo, não promovem grandes efeitos por exemplo de clareamento ou de renovação cutânea como prometem. Nunca terão a concentração de ativos de uma formulação manipulada que pode ser prescrita por um médico, e que supostamente está apto para resolver as possíveis reações adversas.

 

 

CH • uma grande preocupação que tenho é a exposição das crianças e adolescentes à cosméticos e maquiagens ruins e vejo que você sempre fala sobre isso em seus posts. Quais são os principais riscos para as crianças que você tenha tido acesso a estudos? 

Patricia Silveira •  A exposição das crianças aos cosméticos é assustadora mesmo. Na verdade, isso começa antes, quando ainda são bebês, com o uso abusivo de colônias e talcos, sem contar nos lenços umedecidos cheios de perfumes e conservantes. Na infância, nossa pele tem uma espessura menor, e uma camada córnea de proteção mais fina, e assim absorve mais rápido tudo que entra em contato com ela. Além disso, algumas substâncias absorvidas nesta fase, que atuam como disruptores hormonais, estão envolvidas em casos de tipos específicos de câncer, e são suspeitas de causarem puberdade precoce e problemas de fertilidade na vida adulta. Hoje, sabemos que esta exposição não traz riscos imediatos, e sim a médio – longo prazo, com efeitos do seu acúmulo em alguns tecidos do nosso corpo. Logo, a prevenção deve ser feita desde o inicio, ainda na vida uterina. Assim como os cuidados com a exposição solar e com a alimentação, que previnem respectivamente o câncer de pele não-melanoma e o diabetes tipo 2,  a medicina cada vez mais se depara com a necessidade da prevenção, e quanto mais precoce melhor.

 

 

 

 

 

 

O período da gravidez é uma excelente oportunidade para revermos nossos hábitos , pois alimentos e cosméticos influenciam diretamente a saúde do bebê mesmo Ainda na barriga . Substâncias como benzofenona (filtro solar químico) e Parabenos (conservante de cosméticos e alimentos industrializados) já foram detectadas no sangue do cordão umbilical e no tecido placentário . A toxicidade a estas e outras substâncias começa antes do q imaginamos . Optar por cosméticos mais naturais e filtros físicos é uma forma de reduzirmos este quadro negativo! #saude #beleza #saudeebemestar #alimentacaosaudavel #cosmeticosnaturais #menosquimicaporfavor #gestacao #bebe #demaeprafilha #vidasaudavel

A post shared by Dermatologia Natural (@dermagreen) on

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pele de BEBÊ fina, delicada e sensível , absorve rapidamente o q entra em contato com ela . estudos indicam que o sistema imunológico até os 2 anos tem dificuldade em metabolizar tantas substâncias químicas potencialmente tóxicas. evite óleos minerais e outros ingredientes derivados do petróleo como vaselina, parafinas e silicones . não use colônias e perfumes em cçs, e se usar aplique nas roupas e não diretamente sobre a pele. banhos rápidos ude água morna / fria e com opções de sabonetes mais naturais . hidratantes tb devem ser ricos em ingredientes vegetais e livre de conservantes e aromas sintéticos . Aproveite esse amor pra rever conceitos !! Quanto mais natural melhor evite cosméticos com parabenos, ftalatos e glicois .. estas substâncias ao longo da vida se acumulam no nosso organismo causando risco aumentado de câncer, infertilidade e problemas neurológicos . #saude #bebes #vida #vidasaudavel #pelesaudavel #pelesensivel #peledelicada #peleinfantil #criancas #toxinas #conservatives #quimicas #dermatologia #pediatria #recemnascido

A post shared by Dermatologia Natural (@dermagreen) on

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Repost from @safecosmeticshq Phtalatos são substâncias químicas associadas ao PVC e que estão presentes em vários produtos do nosso dia a dia : * cosméticos e materiais de limpeza * inseticidas e pesticidas *embalagens plásticas e brinquedos infantis *embalagens de alimentos e suplementos alimentares Nossa contaminação se dá por via oral e cutânea ao longo da vida, podendo começar na vida intrauterina !!! Sim, já foi identificada a presença de phtalatos na placenta .☹️ o risco deste componente acumulando no nosso organismo é o efeito da sua ação como disruptor hormonal, favorecendo a puberdade precoce nas nossas crianças e o aumento do risco de infertilidade e câncer na vida adulta que tal repensar alguns hábitos que podem ser prejudiciais pra sua saúde e da sua família aquecer embalagens plásticas de alimentos , tomar bebidas quentes em copos de plásticos , frigideiras antiaderentes , produtos de limpeza na área de comida, comidas industrializadas sempre podemos melhorar algo em direção à prevenção e manutenção da nossa saúde ✨e nunca é tarde pra começar !! Phthalates are a group of endocrine-disrupting chemicals commonly used to render plastics soft and flexible. They are found in a wide variety of common products including plastics, cosmetics, pharmaceuticals, baby care products, building materials, modeling clay, automobiles, cleaning materials and insecticides. Phthalates are readily absorbed through the skin. Learn more about Phthalates by clicking the link in our profile @safecosmeticshq. #saude #vidasaudavel #dicadodia #natural #naturalbeauty #prevenção #cancer #medicina #saúde #crianca #medicinapreventiva #amor #vida

A post shared by Dermatologia Natural (@dermagreen) on

 

 

 

 

 

Veja mais ideias sobre tendências da indústria da beleza com foco nos ativos naturais e orgânicos:

• no meu insta @cacahabeyche
• no meu Pinterest /cacahabeyche
• E nos posts aqui no blog – Cosméticos Naturais